O apego à vida nos afasta da eternidade junto de Deus

segunda-feira, 10 de agosto de 2015


Para garantir vida plena aqui e a vida eterna junto de Deus, devemos amar o Senhor acima de todas as coisas e não nos apegar a nada!

Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem faz pouca conta de sua vida neste mundo conservá-la-á para a vida eterna” (João 12, 25). 


Quem de nós não quer ganhar a vida!? Quem de nós não quer encontrar um sentido para a própria vida? Quem de nós não quer que a vida seja cada vez mais viva, vivida, valorizada e plenificada?
Jesus nos ensina como devemos fazer para ganhar a vida, e a primeira coisa [ensinada por Ele] é não nos apegarmos à vida. Por isso gostaria de dizer a você o quanto precisamos aprender a ser desapegados, porque o apego à vida é um apego à materialidade da vida, é apego às coisas materiais da vida e aos sentimentos meramente humanos que nós tanto alimentamos, nutrimos e conservamos nesta vida.
O que é a vida do homem senão trabalhar e labutar para ganhar e ter do que se gloriar do que tem e ganha? Contudo, basta um sopro e a nossa vida se esvai e não levamos nada. Ao passo que – quem cultiva valores, sentimentos puros, a nobreza do espírito e vive o amor, quem sabe renunciar e perder do que tem para fazer o bem ao próximo e quem coloca o amor de Deus acima de qualquer amor humano – não tem ódio na vida nem acredita que a vida vale menos. Pelo contrário, a vida passa a valer mais e não há aquele sentimento de que tudo acaba com a morte e de que tudo perece.
Tudo o que semeamos é para a eternidade! Quem semeia a bondade, a espiritualidade e o amor, há de colher muito em amor, em bondade e um espírito cheio da graça de Deus! Por isso, no Reino de Deus, perder é ganhar e ganhar, humanamente falando, é perder, cada vez mais, a vida. Se quisermos garantir vida plena aqui e a vida eterna junto de Deus deveremos não nos apegar a nada.
O amor e o apego não se combinam. Eu posso amar uma pessoa, posso amar as coisas que tenho, cuidar delas e conservá-las, mas é sempre bom lembrar que elas se vão; tudo vai, até as pessoas. Se soubermos amá-las elas nunca vão sair do nosso coração, mas se nos apegarmos [às coisas e pessoas] isso pode se tornar algo doentio, pegajoso e perigoso. Por isso, ame, pois quem ama semeia para a eternidade!

Deus abençoe você!
 
Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó