Não há correção fraterna sem caridade

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

                                                                
Não há correção fraterna sem caridade. Precisamos da humildade, da caridade e do bom senso nas nossas relações mútuas e ao corrigir uns aos outros.

“Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, mas em particular, a sós contigo! Se ele te ouvir, tu ganhaste o teu irmão” (Mateus 18, 15).

Amados irmãos e irmãs, a Palavra de Deus hoje nos aponta uma necessidade fundamental para a nossa vida e nossa existência: a necessidade da correção. Todos nós, sem exceção, precisamos ser corrigidos. O problema é que a maioria de nós ou quase todos nós não gostamos da correção!
Como a nossa vida seria melhor e teria menos atropelos e mais ganho se soubéssemos aceitar as correções da vida! Primeiramente, porque a correção vem de Deus; Ele nos corrige pela Palavra d’Ele e nos aponta a direção da vida pela Palavra que sai do Seu coração. Ele não é um Pai que castiga, mas é um Deus que corrige aqueles a quem ama.
Nós somos corrigidos pelas circunstâncias da vida. Em tantas circunstâncias da vida caímos e passamos por situações difíceis, e como elas servem para nos corrigir! Só não aprende com as lições da vida quem é orgulhoso e não sabe se autoanalisar e se conhecer melhor.
Nós não podemos abrir mão das correções fraternas que recebemos uns dos outros. Como o pai e a mãe corrigem seus filhos; um irmão corrige o outro irmão; até um filho pode corrigir um pai (não há problema nisso); um superior corrige seu inferior, e quem está abaixo sabe que pode corrigir a quem está acima dele.
Nós precisamos da humildade nas nossas relações mútuas ao corrigir uns aos outros. Para isso, a primeira coisa necessária é aceitar ser corrigidos; pois nós somos muito orgulhosos, sabichões, nos achamos conhecedores de tudo e, por causa disso, muitas vezes, não aceitamos que ninguém nos corrija. Nesse caso, uma dose extrema de humildade é tudo de que precisamos!
Segunda coisa: precisamos saber corrigir; e não há correção fraterna sem um elemento fundamental: a caridade. Mesmo que você tenha a verdade, pois a verdade sem a caridade não é nada, é uma verdade que pode se esvair ou se perder. Se você tem a verdade para corrigir o seu irmão, faça-o na caridade; primeiro a sós, em particular.
Para isso é preciso autocontrole, porque se estamos no extremo dos nossos sentimentos, à flor da pele e machucados com o outro, a nossa correção não será fraterna. Por isso precisamos, primeiramente, corrigir os nossos sentimentos e os nossos afetos para, então, poder corrigir o nosso irmão, a sós, com muita sobriedade. Algumas vezes, será preciso dar tempo ao tempo, pois, num primeiro momento, talvez não tenhamos as melhores condições para fazer isso e poderemos até perder a quem deveríamos ganhar. Para isso é preciso paciência, prudência e saber ter bom senso e juízo ao fazê-lo.
No entanto, pode ser que, mesmo tendo toda humildade e bom senso ao corrigir o seu irmão, ele não lhe dê ouvidos e você tenha de entregá-lo à Igreja, pedir conselho a quem é mais sábio e orientação de quem pode ajudá-lo nessa tarefa e, muitas vezes, você vai apenas entregá-lo à misericórdia de Deus e dizer: “Eu fiz a minha parte! Eu procurei instruí-lo e amá-lo, mas ele não me deu ouvidos nem ouviu a sabedoria da Igreja!”. Então etregue-o à misericórdia divina.
Esta também é uma oportunidade para cada um de nós nos rever: Como eu aceito ser corrigido? Eu já agradeci a alguém por ter me ajudado, me corrigido, orientado e me mostrado o caminho? Ou eu sou aquele turrão, orgulhoso e soberbo que acha que sabe tudo, pode tudo e não se deixa corrigir nem por Deus, nem pelo irmão nem pela vida!?

Deus abençoe você!

Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó