O que é o advento?

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

O Ano Litúrgico inicia-se com o Advento

Começamos novo Ano Litúrgico e um novo ciclo da liturgia com o Advento, tempo de preparação para o nascimento de Jesus Cristo no Natal. É hora de renovação das esperanças, com a advertência do próprio Cristo, quando diz: “Vigiai!”, para não sermos surpreendidos.
O que é o adventoFoto: Wesley Alemida/cancaonova.com

Realização e confirmação da Aliança de Deus

A chegada do Natal, preparado pelo ciclo do Advento, é a realização e confirmação da Aliança anunciada no passado pelos profetas. É a Aliança do amor realizada plenamente em Jesus Cristo e na vida de todos aqueles que praticam a justiça e confiam na Palavra de Deus.
Estamos em tempo de educação de nossa fé, quando Deus se apresenta como oleiro, que trabalha o barro, dando a ele formas diversas. Nós somos como argila, que deve ser transformada conforme a vontade do oleiro. É a ação de Deus em nossa vida, transformando-a de Seu jeito.

Neste caminho de mudanças, Deus nos deu diversos dons conforme as possibilidades de cada um. E somos conduzidos pelas exigências da Palavra de Deus. É uma trajetória que passa pela fidelidade ao Todo-poderoso e ao próximo, porque ninguém ama a Deus não amando também o seu irmão.

Convocação para vigilância

O Advento é convocação para a vigilância. A vida pode ser cheia de surpresas e a morte chegar quando não esperamos. Por isso é muito importante estar diuturnamente acordado e preparado, conseguindo distanciar-se das propostas de um mundo totalmente afastado de Deus.
Outro fato é não desanimar diante dos tipos de dificuldades e de motivações que aparecem diante nós. Estamos numa cultura de disputa por poder, de ocupar os primeiros lugares sem ser vigilantes na prestação de serviço. Quem serve, disse Jesus, é “servo vigilante”.
Confiar significa ter a sensação de não estar abandonado por Deus. Com isso, no Advento vamos sendo moldados para acolher Jesus no Natal como verdadeiro Deus. Aquele que nos convoca a abandonar o egoísmo e seguir Jesus Cristo.
Preparar-se para o Natal já é ter a sensação das festas de fim de ano. Não sejamos enganados pelas propostas atraentes do consumismo. O foco principal é Jesus Cristo como ação divina em todo o mundo.
Autor: Dom Paulo Mendes Peixoto (Arcebispo metropolitano de Uberaba – MG)

É permanecendo firmes na fé que ganharemos a vida

quarta-feira, 27 de novembro de 2019


Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça. É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!” (Lucas 21,18).

Quando ouvimos o Evangelho de hoje, onde nos apresenta situações temerárias de perseguições, de momentos difíceis e complicados na vida dos seguidores de Jesus, na vida da Igreja e na vida da humanidade, pode acontecer de ficarmos tensos e preocupados, como acontece quando lidamos com os nossos próprios problemas, nossas adversidades. Quando lidamos com as situações adversas da vida, o medo, o pavor, o pânico, a inquietação, a incerteza e a incredulidade tomam conta do nosso coração.
Jesus está dizendo: “Não tenhais medo”. Não tenhamos receio porque nem um fio de cabelo perderemos por causa disso. E se nós estamos perdendo os fios de cabelo, se estamos perdendo o amor do coração é porque não estamos colocando no Senhor a nossa confiança, estamos nos deixando arrastar pelo medo, pelo pavor, pelo pânico, pelas notícias tristes, desagradáveis e desastrosas que o mundo e a sociedade apresentam para nós.
Qual é a nossa resposta diante das tribulações e atribulações todas que vivemos na vida, no mundo e na sociedade? A resposta é a nossa fé, porque, é permanecendo firmes na fé que ganharemos a vida.
E quando Jesus está nos dizendo “vida”, é vida n’Ele, é vida plena, é passando por todas essas situações que o próprio Jesus nos relata, não é para nos atemorizarmos, e sim para colocarmos n’Ele a nossa confiança e permanecermos firmes e confiantes n’Ele.

A resposta é a nossa fé, porque, é permanecendo firmes na fé que ganharemos a vida

Não entreguemos nossa alma ao desânimo, não entreguemos nossa alma ao medo, ao pavor e ao pânico. Não nos entreguemos à depressão, ao terror, ao pavor, mas coloquemos no Senhor toda a confiança do nosso coração. Aconteça o que acontecer, venha o que vier, se estivermos no Senhor, é Ele quem cuida de nós. Embora, muitas vezes, “balancemos para lá e para cá”, mas se ficarmos firmes n’Ele, se alicerçarmos a nossa vida em Deus, alicerçamos o nosso coração, os nossos sentimentos, os nossos afetos, aquilo que somos, o Senhor cuidará de nós.
No meio dos terremotos, dos tsunamis e de todas as agitações que acontecem dentro de nós, é permanecendo firmes em Deus que ganharemos a vida, e a nossa vida ganha no cuidado, na ternura e na proteção de um Deus que cuida de nós.
Que Deus nos dê a firmeza de alma, a perseverança e a graça da confiança sempre n’Ele, pois, há um Deus maravilhoso cuidando imensamente de nós.
Deus abençoe você!

Celebração Eucarística - Santuário da Penha

quarta-feira, 20 de novembro de 2019


Romaria da Penha - Jogue Lixo no Lixo!


Terça-feira - Celebração Eucarística - Santuário da Penha

terça-feira, 19 de novembro de 2019


1º dia de Festividades da Romaria da Penha 2019

domingo, 17 de novembro de 2019


https://armaduracristao.blogspot.com/2019/11/abertura-das-festividades-da-256.html
 Para conferir todas as fotos da Procissão que iniciou as festividades da Romaria da Penha, Clique na imagem acima.

Solenidade de Abertura da Romaria da Penha

sexta-feira, 15 de novembro de 2019


Fazer o bem é a nossa obrigação

terça-feira, 12 de novembro de 2019


Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’” (Lucas 17,10).

Aquilo que são nossas obrigações, deveres e responsabilidades, não devem ser motivo de mérito, reconhecimento e aplausos para alguém dizer: “Obrigado por você ter feito o que deveria ter feito”.
Deve acontecer o contrário, precisamos ser corrigidos e alertados, chamados à atenção quando não cumprimos nossas obrigações. Eu não tenho de ser aplaudido porque faço a minha obrigação e meu dever de padre. Você não tem de ser agradecido nem exaltado porque faz a sua obrigação e seu dever de pai, suas tarefas de mãe. Você não deve ganhar troféu porque vai todos os dias trabalhar. É nossa obrigação cumprirmos as nossas responsabilidades.
Vivemos numa sociedade onde a exaltação do ego, onde tudo que merece troféus e prêmios é o mais importante, quando, na realidade, o mais importante é cumprirmos nossas responsabilidades e obrigações sem esperar nada em troca. Somos apenas servidores daquilo que devemos fazer.

Fazer o bem é nosso dever e nossa obrigação, ser um bom cristão é nosso dever e nossa obrigação

O servidor público deve esmerar por servir o povo porque é a sua obrigação. Ficamos tão felizes quando um servidor público nos serve bem, mas é a obrigação dele e todos os outros nos servirem bem. É a obrigação de todos nós, na tarefa, no trabalho, na missão que realizamos neste mundo, fazer bem o nosso trabalho.
É verdade que ficamos muito satisfeitos e agradecidos quando, em qualquer lugar, encontramos a pessoa que nos serve de forma educada e gentil, mas educação e gentileza não é algo para simplesmente ser uma obrigação de vida, de modo a ser algo exaltado e louvado.
As pessoas se tornaram tão intolerantes, estamos nos tornando tão rudes uns com os outros que, quando alguém se apresenta de forma mais educada para nós, nos surpreendemos. Por isso, não espere ser louvado, exaltado e agradecido para, então, fazer o bem.
Fazer o bem é nosso dever e nossa obrigação, ser um bom cristão é nosso dever e nossa obrigação. Não podemos esperar ser canonizados, receber palmas ou méritos porque cumprimos o nosso papel de cristão. Devemos pedir a Deus que nos corrija, que nos coloque em alerta quando não estamos cumprindo as nossas responsabilidades.
Que Deus nos dê a graça de dia a dia fazermos o que devemos fazer, cumprirmos as nossas tarefas, obrigações e responsabilidades sem esperar nada em troca.
Que o bem seja feito porque ele precisa sempre ser feito, porque é o nosso dever fazer o bem.
Deus abençoe você!

Consagração da Família aos Sagrados Corações

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Santíssimos corações de Jesus e Maria,
unidos no amor perfeito,
como nos olhais com carinho e misericórdia,
consagramos nossos corações,
nossas vidas e nossas famílias a Vós.

Conhecemos que o belo exemplo,
de Vosso lar em Nazaré, foi um modelo
para cada uma de nossas famílias.
Esperamos obter, com Vossa ajuda,
a união e o amor fortes e perduráveis
que nos destes.

Que nosso lar seja cheio de alegria.
Que o afeto sincero, a paciência, a tolerância,
e o respeito mútuo sejam dados livremente a todos.

Que nossas orações
incluam as necessidades dos outros,
e não somente as nossas.
E que sempre estejamos próximos dos sacramentos.

Abençoai a todos os presentes
e, também, aos ausentes,
tantos os vivos como os defuntos;
que a paz estejam conosco,
e quando formos provados,
concedei a resignação cristã

Mantende nossas famílias perto
de Vossos Corações;
que Vossa proteção
especial esteja sempre conosco.

Sagrados Corações de Jesus e Maria,
escutai nossa oração. Amém.

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Missa da Forania Praia Sul

Missa da Forania Praia Sul
Santo Antônio do Menino Deus

Missa de Natal - Fotos

Missa de Natal - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

255ª Romaria da Penha

255ª Romaria da Penha
Fotos Romeiros

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Missa da Véspera de Natal

Missa da Véspera de Natal
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 , 11:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó