A vocação de servir deve estar dentro do nosso coração

sexta-feira, 17 de maio de 2019



“Em verdade, em verdade vos digo: o servo não está acima do seu senhor e o mensageiro não é maior que aquele que o enviou. Se sabeis isto, e o puserdes em prática, sereis felizes” (João 13,16-17).

Jesus quer que sejamos felizes, e Ele mesmo nos ensina o que devemos fazer para trilhar o caminho da felicidade. A primeira coisa e a maior de todas elas é que a felicidade consiste em servir, porque o Evangelho começa, justamente, depois que Jesus lava os pés dos Seus discípulos.
Se queremos aprender a ser felizes, precisamos aprender a servir. Devemos aprender a nos colocar aos pés dos irmãos para lavá-los, amá-los e ajudarmos uns aos outros.
A vocação de servir deve estar dentro do coração de cada um de nós como missão primeira e fundamental nessa vida. Estamos aqui para servir uns aos outros. É verdade que, por causa do egoísmo, do orgulho e da soberba, fechamo-nos em nós e queremos que o mundo esteja girando em torno de nós, preferimos que os outros nos sirvam, e quando nos servem parece que é obrigação, nem sabemos mais dizer: “Obrigada! Deus abençoe!”, nos falta até gentileza em agradecer o outro quando ele nos serve qualquer coisa.
O principal é a nossa falta de disposição em estar a serviço dos outros. Estar a serviço dos outros, no sentido evangélico, não é esperar receber nada em troca, nem recompensa, gratidão nem reconhecimento da parte de quem quer que seja. Servimos porque o serviço é próprio do amor e o amor é servir e se colocar a serviço do outro, é fazer o bem ao outro.

Se quisermos aprender a sermos felizes, precisamos aprender a servir. Devemos aprender a nos colocar aos pés dos irmãos

Comecemos servindo em casa, servindo uns aos outros, comecemos com gestos de gentileza, de bondade e ternura. Não deixemos que a acomodação tome conta de nós e simplesmente paremos de ajudar uns aos outros.
Ajude na comunidade, ajude na igreja, ajude no seu serviço. Porque ajudar não é simplesmente a questão de estender uma mão, ajudar é uma questão de se colocar à disposição do outro: “Estou aqui para o que der e vier. Estou aqui para servir as suas necessidades. Estou aqui para te ajudar a ser melhor”.
É nossa vocação de seguidores de Jesus ajudarmos o mundo a ser melhor. E o modo de ajudarmos o mundo a ser melhor é ajudar uns aos outros. Ninguém pode aspirar ser maior do que ninguém, o patrão não é mais importante do que o empregado, mas o empregado também não pode se achar mais importante do que o seu patrão.
Não somos mais importantes do que ninguém, somos servidores uns dos outros como o nosso Mestre Jesus nos ensinou a servir.

Deus abençoe você!

Fonte: Canção Nova

Conselho de Segurança Comunitária dos Bancários, Jardim Cidade Universitária, Jardim São Paulo, Anatólia e Água Fria

terça-feira, 14 de maio de 2019


 Hoje, 14 de maio do corrente, aconteceu uma reunião interna do Conselho de Segurança Comunitária da Região Sul, abrangendo os bairros dos Bancários, Jd. Cidade Universitária, Jardim São Paulo, Anatólia e Água Fria. A reunião marcou a integração dos representantes da Igreja Católica da região, através de seus Párocos, bem como Padres de outras regiões. 
O encontro foi dirigido pelo Presidente do Conselho Comunitário, João Eduardo, com o intuito de ampliar a participação de demais Paróquias da Região ao Conselho, e já deixar definido o dia 15 de Junho, às 09:00hs da manhã, na Paróquia Menino Jesus de Praga, nos Bancários a data de retorno dos trabalhos do Conseg Bancários e região sul, com seus representantes de instituições governamentais, igrejas, escolas públicas e privadas, comerciantes da região, associações legítimas dos bairros abrangentes, entre outros representantes da comunidade.


Na reunião estiveram presentes Os Padres: Robson, Paulo Cordeiro, Marcondes Meneses, Luiz Antônio, Frei Evilásio, o integrante do Conselho Abelardo Maia e o Presidente do Conseg João Eduardo.

Missa em honra à Nossa Senhora - 13 de maio - Paróquia Santa Júlia

Noite de muita reflexão e oração na Paróquia Santa Júlia no dia 13 de maio. Dia dedicado à Nossa Senhora de Fátima, onde a Virgem nos convida a vivermos a graça e a misericórdia.

  
 Momento em que todos os fiéis colocaram aos pés de Nossa Senhora todos os seus pedidos

 Adoração ao Santíssimo Sacramento


 Bênção do Santíssimo

 Povo de Deus colocando nas mãos do Jesus Eucarístico as suas vidas

O Armadura do Cristão fez o registro dessa noite linda na Paróquia Santa Júlia.

Clique na imagem abaixo e confira todas as fotos da noite


Nossa Senhora de Fátima, graça e misericórdia

segunda-feira, 13 de maio de 2019


Segundo as memórias da Irmã Lúcia, podemos dividir a mensagem de Fátima em três ciclos: Angélico, Mariano e Cordimariano.
O Ciclo Angélico se deu em três momentos: quando o anjo se apresentou como o Anjo da Paz, depois como o Anjo de Portugal e, por fim, o Anjo da Eucaristia.
Depois das aparições do anjo, no dia 13 de maio de 1917, começa o ciclo Mariano, quando a Santíssima Virgem Maria se apresentou mais brilhante do que o sol a três crianças: Lúcia, 10 anos, modelo de obediência e seus primos Francisco, 9, modelo de adoração e Jacinta, 7, modelo de acolhimento.
Na Cova da Iria aconteceram seis aparições de Nossa Senhora do Rosário. A sexta, sendo somente para a Irmã Lúcia, assim como aquelas que ocorreram na Espanha, compondo o Ciclo Cordimariano.
Em agosto, devido às perseguições que os Pastorinhos estavam sofrendo por causa da mensagem de Fátima, a Virgem do Rosário não pôde mais aparecer para eles na Cova da Iria. No dia 19 de agosto ela aparece a eles então no Valinhos.
Algumas características em todos os ciclos: o mistério da Santíssima Trindade, a reparação, a oração, a oração do Santo Rosário, a conversão, a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria. Enfim, por intermédio dos Pastorinhos, a Virgem de Fátima nos convoca à vivência do Evangelho, centralizado no mistério da Eucaristia. A mensagem de Fátima está a serviço da Boa Nova de Nosso Senhor Jesus Cristo.
A Virgem Maria nos convida para vivermos a graça e a misericórdia. A mensagem de Fátima é dirigida ao mundo, por isso, lá é o Altar do Mundo.
Expressão do Coração Imaculado de Maria que, no fim, irá triunfar é a jaculatória ensinada por Lúcia: “Ó Meu Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do Inferno, levai as almas todas para o Céu; socorrei principalmente as que mais precisarem!”

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

Saboreamos a vida eterna quando nos alimentamos de Jesus

quinta-feira, 9 de maio de 2019



“Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo (João 6,51).

A afirmação de Jesus é essa: “Eu sou o pão da vida”. Até agora, conhecemos apenas o pão – e existe pão de mel, pão doce e salgado, tem pão para muitos gostos –, mas só há um que é o Pão da vida, só há um Pão que dá a vida e preenche a nossa vida, e esse pão se chama Jesus.
Jesus alimenta aquele que O recebe e acolhe. Se acolhemos e recebemos Jesus, somos também alimentados por Ele, e Ele nos alimenta para vivermos eternamente.
A ciência até trabalha para prolongar a vida humana, para que ela possa durar mais, mas todo o esforço da ciência será inútil para eternizar a vida humana. Aquele que nos deu a vida deu-nos a chave da ciência para cuidar das próprias doenças que vieram macular a vida humana, mas o Deus da ciência, a imortalidade pertence somente a Ele, como a eternidade feliz e bem-aventurada só pertence a Ele. Não é uma questão de viver para sempre na Terra, a questão é vivermos para sempre na presença de Deus.
A eternidade não é vida após a morte. A eternidade é começar a viver em Deus e jamais morrer, pois quem come deste pão não conhecerá a morte, nunca morrerá. Todos nós estamos atribulados, preocupados e medrosos, com um verdadeiro temor de enfrentar a morte, mas só tem medo dela quem não tem a vida em Deus, porque a vida de Deus em nós não nos permite experimentar a morte, mas permite adormecer e acordar para sempre nos braços d’Ele, permite-nos viver, já aqui na Terra, a eternidade que Ele trouxe para nós.

A vida eterna é o acréscimo, porque Jesus é o Pão da vida, que nos preenche e dá razão e sentido à nossa vida

Saboreamos as primícias da vida eterna quando nos alimentamos de Jesus, quando nos saciamos e nos preenchemos d’Ele. A vida eterna é o acréscimo, porque o Senhor preenche, dá razão e sentido à nossa vida.
Aqui é uma promessa: “O pão que eu darei é a minha carne para a vida do mundo”. É claro que, quando Jesus fez esse discurso, estava se referindo à carne d’Ele, que Ele mesmo daria. A carne que Ele deu na Eucaristia é a mesma carne, o mesmo corpo que foi pregado na cruz. É a mesma carne e o mesmo corpo que ressuscitou glorioso.
O corpo que estava no ventre de Maria, que nasceu para ser o nosso salvador, tornou-se alimento na Eucaristia e na cruz. É por isso que a missa é o sacrifício não cruento do próprio Cristo, é o próprio altar, é o próprio calvário onde Jesus está se doando, onde o Seu corpo está sendo entregue e Seu sangue sendo derramado para nos encher e alimentar.
Precisamos nos alimentar de Jesus, precisamos recebê-Lo, para que a vida de Deus esteja em nós.
Deus abençoe você!

Fonte: Canção Nova

Jesus tem Palavras de vida eterna

quinta-feira, 2 de maio de 2019



“De fato, aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, porque Deus lhe dá o espírito sem medida. O Pai ama o Filho e entregou tudo em sua mão (João 3,34-35).

Tudo que é do Pai, tudo que Ele é e criou entregou nas mãos do Seu Filho único, Jesus; e entregou de tal forma, que Deus O enviou a nós com um Espírito sem medida, enviou-O repleto do Espírito, para que Ele comunicasse a nós o Seu Espírito.
Primeiro, Ele fala as palavras de Deus. Jesus é a própria Palavra de Deus encarnada, e da boca d’Ele a Palavra sai ao nosso encontro. Por isso, precisamos ouvir Jesus, acolhê-Lo e acolher as Suas Palavras.
Alguém pode dizer: “Eu acolhi Jesus. Eu aceitei Jesus na minha vida. Eu aceitei Jesus como meu único Senhor e Salvador”. Mas não basta dizer que O acolheu, é preciso acolhê-Lo na sua totalidade e plenitude.
Quando aceitamos alguém, nós o acolhemos como ele é, do jeito dele, com aquilo que ele tem; e se acolhemos Jesus, precisamos acolher a Palavra d’Ele, precisamos ouvir as Palavras que saem d’Ele, porque é por meio dela que Ele vai permanecer em nós.

Abramos o nosso coração para acolher Jesus, pois só Ele tem Palavras de vida

Só Ele tem Palavras de vida eterna. Como nós temos sede de eternidade, de vida e de Deus! E essa nossa sede só é alimentada quando nos alimentamos de Jesus, quando nos abrimos à Palavra d’Ele e permitimos que ela entre e permaneça no nosso coração.
Escutemos, meditemos e nos debrucemos sobre a Palavra para que ela entre em nós. Não é perda de tempo, pelo contrário, é bênção e salvação para o nosso tempo dedicar um tempo precioso para ouvir Jesus por meio da Sua Palavra, deixar que ela penetre nos nossos ouvidos, porque somos distraídos, turbinados por problemas, dificuldades, aflições e preocupações.
Precisamos da Palavra d’Ele nos curando, libertando-nos e restaurando-nos como pessoas e como filhos de Deus.
Tornamo-nos verdadeiramente filhos de Deus quando a Palavra d’Ele está em nós. A Palavra d’Ele em nós tem nome e se chama Jesus, por isso o Pai nos deu o Seu Filho Jesus, para que Ele nos trouxesse a Palavra que nos liberta de tudo aquilo que nos prende, a Palavra que nos traz luz em meio a tanta escuridão que vivemos nesta vida.
Abramos o nosso coração para acolher Jesus, pois só Ele tem Palavras de vida.
Deus abençoe você!

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Missa da Forania Praia Sul

Missa da Forania Praia Sul
Santo Antônio do Menino Deus

Missa de Natal - Fotos

Missa de Natal - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

255ª Romaria da Penha

255ª Romaria da Penha
Fotos Romeiros

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Missa da Véspera de Natal

Missa da Véspera de Natal
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 , 11:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó