O amor no matrimônio é sinal da presença divina

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O amor que une homem e mulher é mais sublime, vem do coração de Deus


“Por isso o homem deixa o seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher; e já não são mais que uma só carne” (Gênesis 2,24).

Queridos irmãos e irmãs em Jesus Cristo, Nosso Salvador, o livro do Gênesis, no capítulo 2, narra o que foi a criação do homem e da mulher. A primeira conclusão que vem do coração do próprio Deus é que não é bom que o homem esteja só. Em outras palavras: não é bom que nenhum de nós seja sozinho nesta vida. Nenhum de nós pode fazer da solidão uma companheira de nossa vida. Ninguém foi criado para viver sozinho.
Muitos podem questionar: “Mas, padre, o senhor é um homem sozinho, porque não se casou!” Se há uma pessoa que não pode ser sozinha é o sacerdote, é o consagrado, a consagrada. Precisamos, primeiramente, ter Deus como companheiro, depois os irmãos de caminhada e os amigos autênticos. O que não podemos é ser sozinhos nesta vida.
No entanto, existe uma forma de companheirismo, por excelência, no coração de Deus, que multiplica a humanidade e dá sentido à vida humana: a união entre o homem e a mulher. Deus criou o homem e a mulher para se completarem. A atração que um sente pelo outro não é algo diabólico e simplesmente carnal; mas se os dois ficarem apenas na atração física haverá um desvirtuamento.
Homem e mulher deixarão seu pai e sua mãe para se unirem um ao outro e já não serão dois, mas uma só carne. A primeira coisa necessária é deixar, pois muitos querem se casar, mas não querem deixar a casa dos pais. Para que outra família nasça, para que essa união no amor aconteça é preciso deixar algo que é bom para abraçar algo novo. É preciso que essa união nas diferenças e nas dificuldades aconteça.
Muitos casais que se casaram, há muitos anos, mas são verdadeiros solitários, pois não há comunhão de vida e de espírito. Não se case nem se una com alguém só por atração física, carnal, porque isso passa. O que permanece é a união e a comunhão de coração. Quando isso acontece, as outras coisas são secundárias, pois o amor que une o homem à mulher e a mulher ao homem é algo mais sublime e mais profundo porque vem do coração de Deus. Se investirmos nele o amor será mais perene e nossos casamentos serão mais estáveis e verdadeiros.

Deus abençoe você!

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Assessores dos juízes de primeiro grau do TJPB lançam a Campanha Corrente do Bem

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB
Em tempos de Pandemia, é hora da Solidariedade!

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó