Conheça um dos pecados capitais: a gula

sábado, 1 de setembro de 2018

É preciso combater os pecados da sua vida diariamente

Continuando a nossa série de estudos sobre os pecados capitais, tomemos conhecimento, agora, sobre o pecado da gula e o remédio para combatê-la: a temperança.
O pecado da gula – Gastrimargia – consiste no excesso do comer e beber. Ensina padre Paulo Ricardo, no seu livro “Um Olhar Que Cura”, a própria origem etimológica da palavra […], que nos ajuda a compreender melhor esse pecado. A primeira parte – gastri – não é difícil de intuir, pois diz respeito ao estômago. Mas o que é margia? Márgos, em grego, quer dizer louco, alguém que está fora de si. Trata-se, portanto, de uma “loucura do estômago”.
Conheça um dos pecados capitais a gula
Foto Ilustrativa: Paula Dizaró/cancaonova.com

O que é a gula?

Às vezes, de maneira maldosa, o pecado da gula é atribuído para as pessoas que estão acima do peso. Mas isso não necessariamente é verdade. Os magrinhos, na verdade, podem ser os mais fáceis de cair no pecado da gula, pois comem exageradamente e não correm o risco de engordar. O que quero dizer é que o pecado da gula não está relacionado ao peso da pessoa, mas sim com o excesso de comer ou beber.
Muitas vezes, o pecado da gula é tratado como um “pecadinho”, mas não é bem assim; ele é grave, pois se trata de um pecado gerador de muitos outros. Nisso os padres da Igreja são unânimes em descrever sobre o mal gerado pelo pecado da gula. Entre os padres da Igreja, vale salientar os ensinamentos de São João Clímaco (525-606). Em uma de suas obras, a que ele chamou de “A Escada do Paraíso”, ele descreve uma grande lista de pecados gerados pelo pecado da gula. No seu livro, ele interroga a gula dizendo: “Fala, ó tirana de todos os mortais!”. E ela responde fazendo uma lista das doenças espirituais que derivam dela.
“O meu filho primogênito é o espírito da fornicação; depois dele, em segundo lugar, vem a dureza de coração; e em terceiro lugar o sono. Depois, é de mim que provem o mar dos maus pensamentos, as ondas da imundície, o abismo das impurezas desconhecidas e inomináveis! Minhas filhas são a preguiça, o mexerico, o atrevimento, a chacota, a bufonaria, a contestação, a birra, a desobediência, a insensibilidade, a escravidão, a autossuficiência, a arrogância, o exibicionismo, e depois destas coisas vêm a oração impura, os pensamentos agitados (“Um olhar que cura”).

Pecados capitais

A partir dessa lista de pecados gerados pela gula, perceba que não se trata de um “pecadinho”, mas sim de um pecado capital, capaz de gerar muitos outros. Portanto, devemos combatê-lo da nossa vida para então não virmos a cometer outros pecados filhos da gula.
Santa Catarina de Sena ensinava que o “estômago cheio prejudica a mente”. Também Santo Ambrósio falava algo importante sobre a modéstia no comer. “Aquele que submete o seu próprio corpo e governa sua alma, sem se deixar submergir pela paixões, é seu próprio senhor: pode ser chamado rei, porque é capaz de reger a sua própria pessoa”. Esse ensinamento mostra que, se alguém não freia seu apetite no comer, dificilmente freará nas outras áreas de sua vida.
Sabendo agora que o pecado da gula não é tão simples como imaginamos, torna-se importante, como qualquer doença, encontrar o remédio para curá-la. O melhor remédio para combater a gula é a temperança, isto é, evitar todo excesso tanto no comer quanto no beber. E para alcançar a virtude da temperança a Igreja oferece o jejum.

Temperança

Diz São Paulo: “Conduzi-vos pelo Espírito Santo e não satisfareis o desejo da carne” (Gal 5,16). “Se viverdes segundo a carne, morrereis, mas, se pelo Espírito fizerdes morrer as obras do corpo, vivereis.” (Rom 8,12).
O jejum nos dá a possibilidade de não nos deixarmos conduzir pelos prazeres da carne. Ele nos capacita para alcançarmos as alegrias eternas. O jejum nos ajuda a dizer não diante de nossas vontades desregradas além de ser auxílio no combate às paixões desordenadas dentro de nosso coração. Além do mais, como ensinava São João da Cruz, o jejum ajuda a cortar o amor aos prazeres deste mundo.
Existem muitas maneiras de realizarmos o jejum, desde a mortificação em não comer alguns alimentos, até o jejum total. O importante é que cada pessoa escolha a forma que lhe seja mais adequada.
Descobrindo a doença, o passo seguinte é tomar o remédio. Portanto, tiremos do jardim de nosso coração a erva daninha da gula, e tomemos o remédio da temperança por meio do jejum. De modo que nosso coração, desprendido das coisas terrenas, possa vislumbrar as coisas eternas.

Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Missa da Véspera de Natal

Missa da Véspera de Natal
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 , 11:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó