O poder da mulher que reza quando sofre a traição

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Conheça o testemunho da esposa que, fiel à oração, supera a traição do esposo

Estando em missão na cidade do Rio de Janeiro (RJ), um dia fui fazer uma pregação num grupo de oração. Enquanto eu estava partilhando a Palavra, percebi que, nos últimos bancos, havia uma mulher que chorava muito devido à traição do seu marido.


Ao olhar para aquele rosto tão sofrido, em meu coração fui intercedendo por ela. Ao fim da pregação, ela se aproximou e pediu um pouquinho da minha atenção. Eu a acolhi com um abraço e fomos para uma salinha ao lado da capela. Iniciamos nossa conversa rezando uma Ave-Maria, consagrando aquele momento a Nossa Senhora.

Traição do esposo

Ela era uma mulher muito bonita, com 36 anos, mas um olhar sofrido. Ela respirou fundo e começou a dizer: “Eu não sei o que fazer, pois eu e meu filho de quatro anos estamos sofrendo muito com a traição do meu marido, que saiu de casa, deixou-nos e foi morar com outra mulher, com a secretária dele.
Faz alguns meses que isso aconteceu conosco, e meu filho nunca mais ficou bem. Ele está sofrendo muito, nunca mais conseguiu dormir bem; muitas vezes, apresenta-se febril. É difícil para mim ver seu chorinho tão sentido. É doloroso demais ver, além do meu enorme sofrimento, meu filho sofrendo dessa forma a ausência do pai”. Chorando, ela dizia: “Não estou suportando, não posso me conformar com isso, não consigo acreditar que isso aconteceu comigo! O meu mundo desabou, a dor é grande!
Eu e meu marido vivíamos felizes, nosso casamento estava estruturado, nunca nos faltou nada! Éramos apaixonados um pelo outro, e ele sempre foi um homem bom, honesto e trabalhador.
Sempre foi atencioso comigo e com o nosso filho. Era ótimo pai de família! Ele mesmo dizia não admitir situações de mentira, de adultério ou coisa semelhante, porque sempre deu muito valor à família. Por isso, eu não posso entender por que ele fez isso, e, de uma hora para outra, parece que virou a cabeça completamente! Perdeu o amor por mim, pelo nosso filho, pela família!
Eu não posso suportar tamanha traição da pessoa que, todos os dias, me dizia “eu te amo”. De repente, passa a ser um homem estranho, mentiroso, frio, um inimigo! Trocou a família por causa de uma aventura com uma moça que tem idade para sua filha. Eu nunca imaginei que ele pudesse se transformar dessa forma, tornando-se capaz de trair sua família a tal ponto.
Ajude-me, por favor! Nunca vivi uma dor tão grande como essa!”.

Deus é o socorro

Eu a escutava e, diante daquela dura realidade, não podia fazer muito, a não ser ouvi-la e acolher seu pranto. Rezar por ela e tentar fazê-la compreender que, apesar da dor, do descaso de um homem, Deus jamais a abandonaria, e que ela não estava só.
Que bom ela ter ido ao encontro do Senhor naquela tarde! Que bom ela querer falar, abrir seu coração, chorar, rogar a Deus o socorro!
É importante que não vivamos sozinhos os problemas ou situações que, de repente, nos visitam quando menos esperamos. Não podemos fugir, esconder nem ficar fingindo que está tudo bem quando não está.
Muitas vezes, temos vergonha dos nossos problemas, medo do que as pessoas vão pensar de nós, e deixamos de buscar ajuda com quem, de fato, pode nos ajudar. Sempre temos a necessidade de um ouvido que possa nos escutar e entender.
Nunca estamos sós! Deus está conosco, e Ele mostra pessoas que podem nos ajudar, mostra-nos o caminho quando não conseguimos ver mais nada a nossa frente. É importante a amizade com família, o diálogo com a mãe, com o pai, irmãos, um amigo de confiança, um sacerdote. Mas precisamos, cada vez mais, ter a coragem de encarar os problemas que nos cercam, buscando a melhor forma de resolvê-los e superá-los. Deus sempre tem uma resposta, mesmo quando não entendemos. Ele nunca nos deixa sem um socorro. Deus é o nosso socorro!

A dor da traição

Aquela mulher chorava a dor da traição, a dor da perda e da divisão. Naquele momento, eu me compadecia, sofria junto com ela. Em meu silêncio, intercedia por ela.
Após alguns minutos, ela se mostrava mais calma, com a voz menos trêmula, os soluços iam passando e as lágrimas cessando. Então, percebia que o consolo de Deus a envolvia. Ele estava ali, acolhendo-a e aliviando sua dor.
O amor do Pai é mais forte do que qualquer situação de morte. Por isso, a única coisa que não podemos perder é Deus, é o Seu amor. Ele entende a nossa dor e nos dá o que ninguém nunca poderá nos oferecer.
Aquela bela senhora teve coragem de abrir seu coração para mim, sentiu-se acolhida na presença de Deus. Ela foi buscar ajuda no lugar certo, na casa de Deus, onde pode apresentar sua verdade dolorosa ao Senhor.

O poder da oração

Ao fim da conversa, juntas rezamos e pedimos força e sabedoria, pedimos a presença de Nossa Senhora em sua vida e o batismo do Espírito Santo sobre nós. De seus lábios brotou o riso. Deus havia realizado, no coração daquela mulher, uma grande obra. Quando nos unimos aos Céus com um coração sincero e confiante, tão logo Deus nos socorre.
Ela passou a ser uma mulher cada vez mais orante e seguiu sua vida, consolidando suas dores ao amor de Deus. Em seu coração, não abria mão de sua família, pois sabia o valor do seu matrimônio. Ela também sabia que havia acontecido uma tentação, uma ação diabólica contra sua família.
Todos os dias, ela permanecia fiel ao seu matrimônio, mesmo diante da infidelidade do esposo. Na oração confiante, entregava tudo nas mãos de Deus, na vontade e no tempo d’Ele.

Visita de Deus

Tempos depois, seu marido estava internado para se tratar de uma forte enfermidade; nesse tempo, ele se sentiu muito só. A mulher com quem estava morando já não era a mesma com ele. Era bem mais jovem e não queria saber de cuidar dele, pois não o tinha como família, mas sim como alguém para lhe proporcionar uma vida de aventuras.
Foi aí que ele caiu em si, sentiu o quanto sua família lhe fazia falta e que havia perdido o que havia de mais precioso. Depois de chorar muito, humilhado, ligou para sua esposa, perguntando se ela, junto com o filho, poderiam visitá-lo. Ela respondeu que sim.
Aquela visita foi muito emocionante! Ele pediu perdão a ela e ao filho. Ela, que estava com o coração cheio de amor, dispôs-se a perdoá-lo. Ele nem acreditava que poderia ter sua família de volta, pois se achava muito indigno dela.
Pela fidelidade e perseverança daquela mulher, pela força do matrimônio e o imenso amor de Deus, aquela família foi resgatada. A partir daquele momento, ela tinha uma nova missão: levar seu marido para perto de Deus.

Marlúcia Carvalho Comunidade Canção Nova

0 comentários:

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó