Perdão: porta aberta para a bênção

domingo, 26 de outubro de 2014


“Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.combem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus. Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo” (Lc 6, 35-38).
É uma ordem de Deus a se cumprir: “Amai vossos inimigos, fazei o bem sem esperar nenhuma coisa em troca”! É fácil amar quem nos odeia e nos prejudica? Não é fácil! Se você não contar com Deus, nunca vai conseguir amar o seu inimigo. Quando o odiamos, trazemos o inferno para dentro de nós. Ninguém chega ao inferno se não construir uma estrada para lá.
Jesus disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Ninguém chega ao céu se não passar pelo caminho de Jesus, mas este precisa ser trilhado com um passo de cada vez! Jesus abriu para nós um caminho para céu e este precisa ser percorrido. Quando caminhamos em direção a Jesus, trazemos o céu para o nosso coração e para a nossa vida. E assim como existe uma direção para céu, existe outra para o inferno. A estrada para lá é trilhado por nós e as consequências são de ódio, rancor e amarguras. Leia a Palavra de Deus: “Nada de inveja, de ódio ou ciúmes. Amai aqueles que o perseguem”.
Até quando somos maus Deus é bondoso conosco. “Sede misericordioso como o vosso Pai do céu é misericordioso”. O Senhor até nos diz: “Perdoai e sereis perdoados”. Quando fazemos da vida do outro um céu, a nossa vida também se torna um céu.
Já parou para pensar como ficamos quando não perdoamos? Ficamos doentes, magoados e azedos. Quando não perdoamos, fazemos o mal para nós mesmos. Tornamos o nosso coração um cemitério. Digo isso, porque pessoas matam a outra dentro do seu coração e dizem: “Para mim, você não existe mais. Morreu!”. Nós, em nossos pensamentos, decidimos matar aquela pessoa dentro de nós. Já pensou uma pessoa morta dentro do nosso quarto? Deus quer nos libertar de toda falta de perdão.
O que você está buscando? O céu ou o inferno? Uma pessoa amada espalha amor pelo ar! Se você está infeliz, desculpe-me dizer isso, mas você não é infeliz sozinho, porque aqueles que estão a sua volta o amam e sofrem com você!
Quando vivemos o ódio, o nosso coração se torna malicioso, com sentimentos errados. Se você quiser mudar essa realidade, abra o seu coração e deixe a vida, que é Jesus, entrar em você!
"Quando matamos às pessoas nas nossas vida, o nosso coração se torna um cemitério", disse Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com
“Quando matamos as pessoas em nossa vida, o nosso coração se torna um cemitério”, disse Márcio Mendes. Fotos: Daniel Mafra/cancaonova.com
É impossível perdoar se não pedirmos a graça de Deus. Se dermos a alguém a graça do perdão, construiremos um céu dentro do nosso coração.
Se uma pessoa tem palavras de agressão o tempo inteiro e faz da vida dos outros um inferno, o que você acha que ela está construindo? O pior de tudo isso é que ela não só constrói o inferno como ensina outros a construí-lo também. Certo dia, assisti a um vídeo na internet, no qual a mãe fumava e dava o cigarro para a filha segurar; e um outro em que o pai bebia cerveja e dava um golinho para o filho. O vídeo termina com a seguinte mensagem: “Criança vê e faz”.
O que queremos cultivar? Nós temos lugares no nosso coração que precisam urgentemente ser visitados por Deus. Quem não traz, no seu coração, um passado de dores e provações? Se não controlarmos aquilo que está desequilibrado dentro de nós, a nossa vida vai se tornar negativa. Precisamos deixar Jesus descer nas perversidades do nosso coração.
Jesus precisa ir àqueles lugares que escondemos de todo mundo, até de Deus. Jesus quer ir nos lugares podres do nosso coração. A misericórdia de Deus nos salva e liberta, mas ela exige que nós sejamos misericordiosos. Se não nos colocarmos debaixo da paternidade de Deus, infelizmente, “alguém” vai querer nos adotar. Muitos de nós já experimentamos o que é ter misericórdia.
O amor e a misericórdia nos levam ao perdão. Talvez você diga: “Não é justo que eu perdoe essa pessoa”. Se você quiser comparar perdão com justiça, não vai conseguir perdoar, porque justiça requer vingança. Muitas pessoas, depois que se converterem, dizem: “Eu sou de Deus, mas não sou boba, não sou capacho de ninguém”.
A única coisa que pode lhe trazer paz é o perdão. Se você não perdoar, vai morrer sem paz. O mal que você faz à pessoa volta duplicado para você.
Quem morre em estado de pecado mortal perde a salvação. Você precisa perdoar. Muitas pessoas boas se perdem de Deus, perdem a salvação por causa de mágoas e feridas que não perdoaram. Que você não seja essa pessoa, que nutre males dentro do coração.
O que é perdão? É quando você resolve doar, ceder para o outro. Não podemos cair no pensamento diabólico de achar que precisamos encontrar com a pessoa para perdoar! O perdão que nós damos não depende da outra pessoa. Em primeiro lugar, o perdão concedido faz bem para nós mesmos.
O perdão é, em primeiro lugar, o remédio para a nossa ferida. Para você perdoar, é preciso muito mais decisão do que sentimento. O perdão é uma decisão, mesmo que o outro não o mereça.
Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio

0 comentários:

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó