PAPA: "A VIDA CRISTÃ É UM COMBATE CONTÍNUO. NÃO DEVEMOS DESANIMAR, MAS LUTAR COM AS ARMAS DA FÉ. DEUS ESTÁ CONOSCO!"

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Foto: PAPA: "A VIDA CRISTÃ É UM COMBATE CONTÍNUO. NÃO DEVEMOS DESANIMAR, MAS LUTAR COM AS ARMAS DA FÉ. DEUS ESTÁ CONOSCO!"

A vida cristã é um “combate” contra o demônio, o mundo e as paixões da carne. Foi o que afirmou o Papa Francisco na homilia da Missa celebrada esta manhã na Capela da Casa Santa Marta. O Pontífice – comentando a passagem da Carta de São Paulo aos Efésios – reiterou que o diabo existe e “nós devemos lutar contra ele” com “a armadura” da verdade.

“Força e coragem”. O Papa Francisco centrou sua homilia nas palavras de São Paulo que, dirigindo-se aos Efésios, “desenvolve  em uma linguagem militante a vida cristã”. O Pontífice sublinhou que “a vida em Deus deve ser defendida, se deve lutar para levá-la em frente”. Portanto, nos serve força e coragem “para resistir e anunciar”. Para “seguir em frente na vida espiritual – reafirmou – se deve combater. Não é um simples choque, não, é um combate contínuo”. Francisco então, enumerou os três “inimigos da vida cristã”: “o demônio, o mundo e a carne”, ou, as nossas paixões, “que são feridas do pecado original”. É certo – observou – que a “salvação que Jesus nos dá é gratuita”, mas somos chamados a defendê-la:

“Do que devo defender-me? O que devo fazer? ‘Vestir a armadura de Deus’, nos diz Paulo, isto é, o que é de Deus nos defende, para resistir às insídias do diabo. É claro? Claro. Não se pode pensar a uma vida espiritual, a uma vida cristã, sem resistir às tentações, sem lutar contra o diabo, sem vestir esta armadura de Deus, que nos dá forma e nos defende”.

São Paulo – prosseguiu o Papa – sublinha que “a nossa batalha” não é contra coisas pequenas, “mas contra os principados e potestades”, isto é, contra o diabo e os seus”:

“Mas a esta geração – e a tantas outras – fizeram crer que o diabo fosse um mito, uma figura, uma idéia, a idéia do mal. Mas o diabo existe e nós devemos lutar contra ele. É Paulo que diz, não sou eu! A Palavra de Deus o diz. Mas nós não estamos muito convencidos disto. E após, Paulo diz como é esta armadura de Deus, quais são as diversas armaduras, que formam esta grande armadura de Deus. E ele diz: ‘Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade’. Esta é a armadura de Deus: a verdade”.

“O diabo – disse o Santo Padre – é o mentiroso, o pai dos mentirosos, o pai da mentira”. E com São Paulo, reiterou que é necessário “estar cingido com a verdade, vestido com a couraça da justiça”. Portanto, salientou que “não se pode ser cristão sem trabalhar continuamente para ser justo. Não se pode”. Uma coisa que “nos ajudaria muito” – afirmou – seria “nos perguntar se acredito ou não acredito”. Se “acredito um pouco sim e um pouco não”. “Sou um pouco mundano e um pouco crente?”. E evidenciou que “sem fé não se pode seguir em frente, não se pode defender a salvação em Jesus”. Temos “necessidade deste escudo da fé”, porque “o diabo não nos atira flores”, mas “dardos inflamados” para nos matar. Francisco exortou então para tomarmos “o capacete da salvação e a espada do Espírito que é a Palavra de Deus”. E convidou a rezar constantemente, a vigiar com “orações e súplicas”:

“A vida é uma luta. A vida cristã é uma luta belíssima, porque quando o Senhor vence em cada passo da nossa vida, nos dá uma alegria, uma felicidade grandiosa: aquela alegria de que o Senhor venceu em nós, com a gratuidade de sua salvação. Mas sim, todos nós somos um pouco preguiçosos na luta e nos deixamos levar em frente pelas paixões, por algumas tentações. É porque somos pecadores, todos! Mas não se desanime. Coragem e força, porque o Senhor está conosco”.
A vida cristã é um “combate” contra o demônio, o mundo e as paixões da carne. Foi o que afirmou o Papa Francisco na homilia da Missa celebrada esta manhã na Capela da Casa Santa Marta. O Pontífice – comentando a passagem da Carta de São Paulo aos Efésios – reiterou que o diabo existe e “nós devemos lutar contra ele” com “a armadura” da verdade.

“Força e coragem”. O Papa Francisco centrou sua homilia nas palavras de São Paulo que, dirigindo-se aos Efésios, “desenvolve em uma linguagem militante a vida cristã”. O Pontífice sublinhou que “a vida em Deus deve ser defendida, se deve lutar para levá-la em frente”. Portanto, nos serve força e coragem “para resistir e anunciar”. Para “seguir em frente na vida espiritual – reafirmou – se deve combater. Não é um simples choque, não, é um combate contínuo”. Francisco então, enumerou os três “inimigos da vida cristã”: “o demônio, o mundo e a carne”, ou, as nossas paixões, “que são feridas do pecado original”. É certo – observou – que a “salvação que Jesus nos dá é gratuita”, mas somos chamados a defendê-la:

“Do que devo defender-me? O que devo fazer? ‘Vestir a armadura de Deus’, nos diz Paulo, isto é, o que é de Deus nos defende, para resistir às insídias do diabo. É claro? Claro. Não se pode pensar a uma vida espiritual, a uma vida cristã, sem resistir às tentações, sem lutar contra o diabo, sem vestir esta armadura de Deus, que nos dá forma e nos defende”.

São Paulo – prosseguiu o Papa – sublinha que “a nossa batalha” não é contra coisas pequenas, “mas contra os principados e potestades”, isto é, contra o diabo e os seus”:

“Mas a esta geração – e a tantas outras – fizeram crer que o diabo fosse um mito, uma figura, uma ideia, a ideia do mal. Mas o diabo existe e nós devemos lutar contra ele. É Paulo que diz, não sou eu! A Palavra de Deus o diz. Mas nós não estamos muito convencidos disto. E após, Paulo diz como é esta armadura de Deus, quais são as diversas armaduras, que formam esta grande armadura de Deus. E ele diz: ‘Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade’. Esta é a armadura de Deus: a verdade”.

“O diabo – disse o Santo Padre – é o mentiroso, o pai dos mentirosos, o pai da mentira”. E com São Paulo, reiterou que é necessário “estar cingido com a verdade, vestido com a couraça da justiça”. Portanto, salientou que “não se pode ser cristão sem trabalhar continuamente para ser justo. Não se pode”. Uma coisa que “nos ajudaria muito” – afirmou – seria “nos perguntar se acredito ou não acredito”. Se “acredito um pouco sim e um pouco não”. “Sou um pouco mundano e um pouco crente?”. E evidenciou que “sem fé não se pode seguir em frente, não se pode defender a salvação em Jesus”. Temos “necessidade deste escudo da fé”, porque “o diabo não nos atira flores”, mas “dardos inflamados” para nos matar. Francisco exortou então para tomarmos “o capacete da salvação e a espada do Espírito que é a Palavra de Deus”. E convidou a rezar constantemente, a vigiar com “orações e súplicas”:

“A vida é uma luta. A vida cristã é uma luta belíssima, porque quando o Senhor vence em cada passo da nossa vida, nos dá uma alegria, uma felicidade grandiosa: aquela alegria de que o Senhor venceu em nós, com a gratuidade de sua salvação. Mas sim, todos nós somos um pouco preguiçosos na luta e nos deixamos levar em frente pelas paixões, por algumas tentações. É porque somos pecadores, todos! Mas não se desanime. Coragem e força, porque o Senhor está conosco”.
 

0 comentários:

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó