A correção fraterna tem que ser movida pelo amor

quarta-feira, 13 de agosto de 2014


A correção fraterna é necessária e é de Deus, mas tem que ser movida pelo amor e pela intenção de ajudar a quem errou. 
“Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, mas em particular, a sós contigo! Se ele te ouvir, tu ganhaste o teu irmão” (Mateus 18, 15).

A Palavra de Deus no dia de hoje aponta para nós uma das coisas mais necessárias  mas também uma das mais difíceis nas relações fraternas, sobretudo entre nós que vivemos da fé  a chamada “correção fraterna”. A correção fraterna é necessária, é importante, é útil, é de Deus, mas é muito difícil corrigir e mais difícil ainda ser corrigido. Tanto quem vai corrigir como quem vai ser corrigido têm que, em primeiro lugar, tirar do seu coração o ressentimento, a mágoa e, sobretudo, o orgulho, porque a correção fraterna tem que ser movida pelo amor.
Em primeiro lugar, não faça isso no impulso da raiva e do momento; deixe as coisas se acalmarem dentro de você. E em segundo lugar, não faça isso de forma muito humana; peça a sabedoria divina para ter as palavras acertadas, corretas, humildes e, sobretudo, a intenção de ajudar a outra pessoa. Algumas vezes, uma correção fraterna precisa até de muito tempo para acontecer, mas ela se faz necessária.
Se você vir o seu irmão errar não cometa o crime e a barbaridade de falar, de comentar e de fofocar com o outro sobre esse fato, porque é um mal muito maior ver o outro errar e em vez de corrigi-lo, de ajudá-lo e de rezar por ele primeiro, você  falar dele para os outros. Não faça isso, meu irmão! Peça a Deus a disposição e a humildade e vá conversar com o seu irmão, tente mostrar a ele onde está o erro e que o que ele está fazendo não é correto. Mas, por favor, não trate dos problemas dos outros nos clubes de fofoca! Não ligue para a outra pessoa, não vá à barbearia ou então ao salão de beleza e durante as conversinhas de dona de casa para tratar da vida dos outros.
Quantos mal-entendidos e desentendimentos, quantas coisas se complicaram na vida, porque em vez de tratarmos as coisas de forma cristã e fraterna, as tratamos de forma mundana, carnal, pecaminosa, porque a fofoca é do diabo, ela não é de Deus! Aprenda isso!
Contudo, se você foi falar com seu irmão ou não teve como falar com ele, porque outras coisas o impedem de fazer isso, procure a autoridade da Igreja, como diz a Palavra hoje. Sim, procure a ajuda da Igreja, do padre, do diretor espiritual, mas não trate a situação no nível da fofoca. Porque mal maior é quem trata o erro dos irmãos falando para os outros. Isso dói no coração de Deus e provoca males e estragos para a comunidade, para a sociedade e para a humanidade.

Deus abençoe você!

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Assessores dos juízes de primeiro grau do TJPB lançam a Campanha Corrente do Bem

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB
Em tempos de Pandemia, é hora da Solidariedade!

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó