Julho, mês de nossos pais e mestres espirituais: os idosos

quinta-feira, 9 de julho de 2020


Que o Senhor de todas as gerações e idades, preserve a vida e saúde de nossos amados idosos. Deus seja louvado!

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz - Bispo Diocesano de Campos
Nesta segunda fase do combate ao COVID 19, com a abertura gradual de muitas atividades, inclusive as celebrativas, aplica-se o isolamento vertical. Recomenda-se aos idosos e demais integrantes do grupo de risco que fiquem em casa, que participem das Missas transmitidas pela mídia. Não deixa de ser uma orientação prudente, cautelosa e eficiente para controlar riscos.
No entanto, a Igreja, como comunidade de fé, assembléia litúrgica, perde muito com este distanciamento físico. A Igreja, como Povo de Deus e família dos filhos de Deus, sente muito este afastamento que, embora temporal, nos empobrece e limita na fraternidade e convivência espiritual e sacramental. A Igreja prolonga a encarnação de Cristo na história, sendo, como afirma São Paulo, o Corpo de Cristo, esta ausência, por razões sanitárias, nos debilita.
É verdade que a comunhão espiritual e a oração superam, certamente, distâncias e comunicam e fazem circular graças e bênçãos, no entanto, para os idosos, resulta em provação e sofrimento. É importante que, tanto para Viktor Frankl como para Aaron Antonovsky, a salutogênese, geração de saúde, depende da percepção do sentido e significado da vida que, nas observações feitas em campos de concentração, confirma que essa coerência espiritual determinava a resistência e a vitória. Digo isto, porque não basta o isolamento vertical, senão damos conforto, consolação e ternura aos nossos idosos.
Por outra parte, sem oportunismo leviano, nós precisamos dos idosos para sair da pandemia, pois eles, com a sua sabedoria (sabor de viver), nos ensinam a sermos simples, essenciais, enraizados na história e na terra, guardiães da Casa Comum e das tradições espirituais e rituais mais profundas. Um mundo sem idosos adoece, fica febril, correndo fora dos trilhos para a autodestruição. Pensemos em como podemos preservar espaços de troca, comunicação e celebração sem colocá-los em risco. Que o Senhor de todas as gerações e idades, preserve a vida e saúde de nossos amados idosos. Deus seja louvado!
Fonte: Vatican News

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Assessores dos juízes de primeiro grau do TJPB lançam a Campanha Corrente do Bem

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB
Em tempos de Pandemia, é hora da Solidariedade!

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó