Somente em Deus encontramos santidade

sexta-feira, 11 de março de 2016

Quando mergulhamos nossa vida em Deus, a pureza e a santidade revestem nossa alma

“Tais são os pensamentos dos ímpios, mas enganam-se; pois a malícia os torna cegos, não conhecem os segredos de Deus, não esperam recompensa para a santidade e não dão valor ao prêmio reservado às vidas puras” (Sb 2,21).

Viver em pensamentos ímpios é viver na iniquidade, é deixar-se enganar, tornar-se cego à verdade. Sabe, meus irmãos, muitas vezes, cansamos de ser bons, de viver na verdade, na pureza e santidade, porque as pessoas zombam daqueles que querem levar uma vida justa.
Todo mundo quer se igualar a todos e, geralmente, o nivelamento é por baixo. As pessoas fazem coisas erradas e acham que todos devem também fazê-las, ou julgam que todos são iguais. Pode ser que todos nós tenhamos fraquezas e misérias, mas isso não significa que todos nos deixamos corromper por elas. E mesmo que tenhamos nos corrompido e que a força do pecado e do mal tenham nos seduzido, é possível vivermos o caminho da purificação e da regeneração espiritual, que é a conversão.
Não podemos desistir da conversão diária, da mudança de vida, da santidade e pureza, porque Deus guarda, nos Seus segredos mais belos, a recompensa que tem para aqueles que levam uma vida santa e um prêmio muito especial aos que levam a vida pura, sem se deixar macular pela maldade e perversidade do mundo em que vivemos.
Preservemos sua alma e coração! Por mais que tenhamos corrompido nossa mente e coração com a devassidão do mundo, em Deus encontramos pureza e santidade.
Quando mergulhamos nossa vida em Deus, a pureza e a santidade revestem nossa alma. Muitos têm até medo de se aproximar de Deus ou tem a covardia de não querer se aproximar d’Ele para não serem envoltos e inquietados por dentro, pelos mais puros sentimentos que vêm da vida espiritual. Não é que sejamos mais santos e melhores que alguém, mas Deus nos chamou para vivermos a santidade e a pureza de vida!
Neste tempo de graça, que é o da Quaresma, é o momento de purificarmos nossa alma e coração de toda corrupção, depravação, impureza, maldade e de todas as coisas erradas que, muitas vezes, tomaram conta da nossa mente e do nosso coração, para nos tornarmos santos e puros para o Senhor Nosso Deus!

Deus abençoe você!

Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Missa da Véspera de Natal

Missa da Véspera de Natal
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 , 11:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó