Em Deus encontramos o remédio que cura nossa alma

terça-feira, 15 de março de 2016

 

Olhemos para o Cristo crucificado, elevado na cruz para a nossa salvação e libertação, e encontremos n’Ele o remédio para nossa cura

“Durante a viagem, o povo começou a impacientar-se, e se pôs a falar contra Deus e contra Moisés” (Nm 21,4-5).


Na longa jornada que o povo fez pelo deserto, o próprio Deus os conduzia pela mão, tirando-os da escravidão do Egito e conduzindo cada dia os seus passos.
Durante o caminhar no deserto, as nuvens escuras aparecem à frente da nossa alma, do nosso coração e da nossa vista, então, tornamo-nos, muitas vezes, cegos e impacientes como aquele povo que começou a murmurar e dizer: “O que fazemos aqui? Para onde estamos indo? O que fizeram conosco?”. Aquele povo, com muita dureza no coração, sem nenhuma piedade, começou a murmurar contra Moisés e contra Deus.
O murmúrio daquele povo virou um verdadeiro veneno, porque a murmuração, a reclamação, aquela forma impaciente de lidar com a vida e com as inquietações, são um verdadeiro veneno para a nossa vida, pois trazem o esmorecimento, o desânimo, o desalento e a falta de força para caminhar. Aquele povo se perdeu no meio do caminho, caíram esmorecidos e doentes, foram picados pelas cobras, pelo veneno da murmuração e do desespero.
Deus e Moisés, de quem aquele povo tanto falou mal e reclamou, tiveram misericórdia deles [povo]. Moisés clamou ao Senhor que fizesse algo pelo seu povo. A partir disso, Deus mandou construir a serpente de bronze; todo aquele que olhava para ela ficava curado de seus males.
Não deixe a erva daninha da murmuração e da revolta crescer em seu coração, porque, de início, pode parecer apenas uma revolta, uma indignação contra Deus, mas depois isso cresce e se torna um verdadeiro veneno! Tornamo-nos desanimados, sem alento, cansados, impacientes e nada na vida presta. Começamos a reclamar de tudo e de todos, perdemos o sabor, a vida vai azedando, o azedume cresce e nos faz mal.
Se o povo pôde olhar para a serpente de bronze e encontrar a cura, hoje, nós olhamos para o Cristo crucificado, elevado na cruz para a nossa salvação e libertação, e encontramos n’Ele o remédio para a nossa cura.
Olhe para Jesus e deixe-se transpassar por Ele, pelo Seu olhar de bondade e misericórdia. Que sejamos curados de todo o veneno da amargura, do azedume e da murmuração dos outros e da nossa vida!
Não percamos o sabor de viver, não percamos a direção da vida nem o sentido do caminhar; e se estivermos assim, voltemos nosso olhar para Jesus crucificado, que é a nossa cura e libertação!

Deus abençoe você!

Fonte: Canção Nova

0 comentários:

Missa da Véspera de Natal

Missa da Véspera de Natal
Paróquia Menino Jesus de Praga

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó