Dom Delson vai receber Pálio do Papa Francisco na manhã do dia 29 de junho em Roma

quarta-feira, 28 de junho de 2017

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
O Arcebispo Metropolitano da Paraíba, Dom Frei Manoel Delson Pedreira da Cruz, OFMCap, está em Roma. No fim da madrugada desta quinta-feira, dia 29 de junho, às 4h30 (horário de Brasília - às 9h30 no horário italiano), Dom Delson vai receber o Pálio Arquiepiscopal das mãos do Papa Francisco, durante a Santa Missa na Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, na Capela Papal, na Basílica Vaticana. A Rede Vida deverá transmitir a Missa ao vivo. A Celebração também deverá ser transmitida ao vivo pelo site do Vaticano (www.vatican.va).
Dom Delson recebe o Pálio do Papa, mas a imposição do mesmo será aqui em João Pessoa das mãos do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello (representante do Vaticano no País e responsável por impor o símbolo nos ombros do Arcebispo), no dia 5 de agosto, às 9h, numa Solene Concelebração Eucarística na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro de João Pessoa. Será na Missa Solene da Festa da Padroeira.
O que é o Pálio Arquiepiscopal?
O Pálio, do latim “pallium”, manto, é uma espécie de colarinho de lã branca, com cerca de 5cm de largura e dois apêndices - um na frente e outro nas costas. Possui seis cruzes bordadas em lã preta - quatro no colarinho e uma em cada um dos apêndices. É confeccionado pelas monjas beneditinas do Mosteiro de Santa Cecília, em Roma, utilizando a lã de duas ovelhas que são oferecidas ao Papa no dia 21 de janeiro de cada ano na Solenidade de Santa Inês (Padroeira da Pureza). O uso do Pálio, que nos primeiros séculos do Cristianismo era exclusivo dos Papas, passou a ser usado pelos Arcebispos Metropolitas a partir do século VI. Após a sua confecção, o Pálio é depositado junto ao túmulo de São Pedro até a Solenidade de São Pedro e Paulo, quando, então, é entregue pelo Papa aos Arcebispos.
O que significa o Pálio?
É uma insígnia, um símbolo litúrgico, de “honra e jurisdição”. O Arcebispo Metropolita, como Dom Delson, preside uma Província Eclesiástica, constituída por diversas Dioceses (aqui na Paraíba temos as Dioceses de Guarabira, Campina Grande, Patos e Cajazeiras, além da Arquidiocese da Paraíba). O Pálio é símbolo do serviço e da promoção da comunhão na própria Província Eclesiástica e na sua comunhão com a Sé Apostólica.
À frente de cada Província está o Metropolita, que é o Arcebispo da Diocese-sede. O termos “Arqui” e “Arce”, colocados junto às palavras Diocese e Bispo, vêm da língua grega, e significam “a primeira”, “o primeiro”. Assim, a Arquidiocese e o Arcebispo são “a primeira” e “o primeiro”. Nesse sentido, recorda-se que ambos devem estar a serviço e promoção da comunhão.
Após ser nomeado, o Metropolita deve pedir ao Bispo de Roma, o Papa, o Pálio, símbolo de seu “poder” (o serviço e promoção da comunhão) na própria Província Eclesiástica e de sua comunhão com a Sé Apostólica. Uma vez recebido, usa-o unicamente dentro das funções litúrgicas, sobre os paramentos pontificais, dentro da Província que preside, e unicamente nela.
A forma e a matéria do qual é feito o Pálio indicam a missão de pastor do Arcebispo, que carrega a ovelha - povo de sua Arquidiocese - nos ombros. A peça de lã branca recorda o símbolo da ovelha sobre os ombros de Jesus.
Sobre a entrega do Pálio:
O Vaticano comunicou, no dia 12 de janeiro de 2015, a decisão do Papa Francisco de modificar a modalidade de entrega do Pálio aos novos Arcebispos Metropolitas. Desde então, a faixa de lã branca passou a ser apenas entregue, e não mais colocada pelo Santo Padre, como rezava a tradição, em 29 de junho, na Solenidade dos Santos Pedro e Paulo. A imposição do Pálio aos novos Arcebispos passou a ser realizada nas respectivas Dioceses de origem pelas mãos dos Núncios Apostólicos locais.
No dia 29 de junho, os Arcebispos - como de costume - estarão presentes em Roma, concelebrarão com o Santo Padre, participarão do rito da bênção dos Pálios, mas não haverá a imposição: simplesmente receberão o Pálio do Santo Padre em forma mais simples e privada. A imposição será efetuada depois, nas Dioceses as quais pertencem, ou seja, em um segundo momento, na presença da Igreja local e em particular dos Bispos das Dioceses da Província acompanhados pelos seus fieis.
O significado dessa mudança é o de colocar em maior evidência a relação dos Arcebispos Metropolitas com a sua Igreja local e assim dar também a possibilidade a mais fieis de estarem presentes neste rito tão significativo para a Igreja. Outro ponto importante é propiciar a participação dos Bispos da Província Eclesiástica.
Recebem o Pálio, no dia 29 de junho, todos os Arcebispos nomeados desde julho do ano passado. Neste ano são 36 do mundo todo, sendo 5 brasileiros.

De: Eisenhower Almeida de Albuquerque.
Assessor de Imprensa/Comunicação da Arquidiocese da Paraíba.

0 comentários:

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Pesquisar neste Blog

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson

Comunidade do Timbó recebe Arcebispo Dom Delson
Bênção da reforma da Capela Santo Antônio

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

PC Magazine

PC Magazine
Informática e Eletrônicos

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Novo Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos

Projeto "Igreja no Cinema" - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração

10 Anos de Ordenação Diaconal - Fotos da Comemoração
Diácono Roberto Inocêncio

Fotos

Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Visitantes

Ajude o Laureano

Oração de exaltação a Santa cruz

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

Conselhos do Papa Francisco

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Horário das Missas na Paróquia Menino Jesus de Praga - Bancários

  • Quinta-feira - 19:30hs
  • Sexta-feira -06:00hs
  • Sábado - 19:00hs
  • Domingo - 8:00 e 17:00hs
  • Telefone: (83) 3235.5120

Siga o Armadura por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó