ADVENTO: TEMPO DE PREPARAÇÃO PARA O NATAL

domingo, 2 de dezembro de 2012

 Irmãos e Irmãs,

Iniciamos o Tempo do Advento. Depois de refletirmos o tempo comum, coroado com a festa de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, é chegado o doce momento da reflexão acerca deste tempo que é a antecipação do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo. Advento, tempo de espera e de esperança, de atenção e de vigilância, de alegre chegada e amorosa acolhida do Deus Conosco, o Emanuel.

"A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio em vós, que eu não seja envergonhado! Não se riam de mim meus inimigos, pois não será desiludido quem em vós espera"(cf. Sl 24,1-3).

Advento é tempo de espera, mas tempo de revisão de vida, em que as coisas velhas vão dando espaço para as coisas novas para acontecer aqui e agora o Reino de Deus. Todos somos convidados a enxergar a situação que nos rodeia e acreditar que é possível resolver nossos problemas sempre contando com a graça e o auxílio de Deus Menino, o Divino Infante.

Que a liturgia inaugural do tempo do Advento contamine nossos corações com o “gram finale” da Liturgia Eucarística: “amar desde agora as coisas do céu, e caminhando entre as coisas que passam, abraçar as que não passam”. Tudo passa, só Cristo permanece, pelos séculos dos séculos, Amém!
 
Pe. Marcondes Meneses
A cada ano a Igreja nos propõe uma caminhada em vista da preparação do Natal do Senhor através do ADVENTO, como sendo o momento favorável, o dia da salvação (2Cor 6,2), da paz e da reconciliação.

Com o Advento, estamos iniciando não só um novo tempo, como também um novo ano litúrgico, e somos chamados a percorrer com Jesus Cristo um itinerário que nos prepara para celebrar bem o Natal. O Ano Litúrgico Católico é caracterizado pelos letras: A, B e C, e a cada Ano temos um evangelho chave a ser meditado. Neste ADVENTO, vamos celebrar o ano C e ter o Evangelho de Lucas como nosso referencial.

O tempo do Advento, abre para a Igreja a grande celebração da manifestação do Salvador em nossa humanidade. É um tempo de preparação para as festas epifânicas (manifestações) e nos prepara para receber o Senhor que vem e se manifesta a nós.

Devemos nos preparar em família, em comunidade que celebra, no ambiente de trabalho, através de mudanças de atitudes concretas que nos levem a acolher a Palavra de Deus e colocá-la em prática.

“Esse período é organizado em dois momentos: 1) a manifestação em glória e majestade no final dos tempos, que provoca em nós o fortalecimento da esperança e as atitudes de vigilância e de espera; 2) a partir do dia 17 de dezembro, celebramos a expectativa da manifestação do Senhor em nossa carne.”

Este percurso se dá através da celebração de quatro domingos seguidos nos levando a refletir através da liturgia da palavra a necessidade de ficarmos prontos para o encontro com Deus que se aproxima, fazendo um convite à conversão, à alegria e à esperança.
A cada domingo, a Igreja nos faz um convite a preparar-nos para festa do Natal do Senhor escutando o que a liturgia da Palavra nos indica através das palavras chaves, contidas nos evangelhos:
  • 1° Domingo: VIGIAI, Jesus nos alerta através do evangelho de Lc, 21, 25-36 e coloco em discussão o tema da grande tribulação de Jerusalém, da Parusia, isto, os sinais que aparecerão nos céus e sobretudo o tema da Vigilância.”Vigia a todo momento, pedindo para poderdes escapar de tudo o que vai acontecer e para vos apresentardes diante do Filho do Homem” Lc, 21,36.
  • Os textos bíblicos da liturgia do 2º domingo são uma convocação à mudança de vida, através da CONVERSÃO pregada por João Batista (Lc 3,1-6). “Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas”.
  • Nas leituras do 3° domingo transpira a alegre expectativa: o Salvador vem! O testemunho de João Batista não deixa dúvidas de quem é Jesus: a luz verdadeira que vem iluminar todo ser humano, por isso já nos aponta a uma ALEGRIA, verdadeira (Lc 3, 10-18)
  • E por fim, no 4° domingo contemplamos a figura de Maria que se coloca a SERVIÇO do plano de Deus quando diz “eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,39-45) e parte para a casa de Isabel ajuda-lo, já que esta se encontrava grávida. Temos neste quarto domingo o encontro das duas mulheres grávidas e dos seus filhos que estão no ventre de cada uma delas.
                                               
Não façamos deste ADVENTO, mais um tempo que passa em nossas vidas, mas vamos vivenciá-lo com toda intensidade do nosso ser, na certeza de celebrar bem o maior evento da humanidade: a Encarnação de Deus em Jesus Cristo feito homem, que vem habitar entre nós.

0 comentários:

Pesquisar neste Blog

Assessores dos juízes de primeiro grau do TJPB lançam a Campanha Corrente do Bem

Liturgia Diária

Liturgia Diária
Canção Nova

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB

Corrente do Bem - Assessores 1º Grau - TJPB
Em tempos de Pandemia, é hora da Solidariedade!

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson

Arcebispo da Arquidiocese da Paraíba - Dom Delson
Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz

Fale conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Visitantes

A ARMADURA DO CRISTÃO

A ARMADURA DO CRISTÃO
Leia Efésios 6, 10-20

Conselhos do Papa Francisco

Oração de exaltação a Santa cruz

Como Retornar?

Como Retornar?
Dicas para voltar a ter intimidade com Deus

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Terço

Terço
Mãe da Divina Misericórdia

Mensagem

Reflexão

Frei Galvão

Frei Galvão
História

O Papa Francisco

O Papa Francisco
Vatican

Bíblia Católica On Line

Seja um Padrinho Vem Cuidar de Mim

Missa de Cinzas - Fotos

Missa de Cinzas - Fotos
Paróquia Menino Jesus de Praga

Mensagem

Mensagem
Monsenhor Jonas Abib

Ajude o Laureano

Campanha Vem Cuidar de Mim

Campanha Vem Cuidar de Mim
Assine aqui o abaixo assinado!

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI
armaduradocristao@gmail.com

Adoração ao Santíssimo

Adoração ao Santíssimo

Salmos on Line

Menino Jesus de Praga

Arquivos Obras Timbó